Muitas ações realizadas neste Dezembro Vermelho pelos nossos agentes do regional NE V.





Ricardo e Zilda participaram nesta manhã do último encontro de coordenadores de pastorais e movimentos da arquidocese de S
 Luis realizado na Cúria Metropolitana.  Eles aproveitaram para falar da importância do dia Mundial de luta contra Aids e distribuíram nosso informativo para todos os participantes e ainda tiraram foto com D. Belizario e Esmeraldo.

Dezembro vermelho

Pastoral  da aids aproveita todos os espaços,marcando presença  aqui, acolá tentando levar a todos nossos informativos lembrando da importância  do cuidado, o amor pela vida. Tudo em preparação ao 1o de Dezembro, dia Mundial de luta contra Aidsua.
Nossas ações do dezembro vermelho serão em parceria com a secretaria de Saúde e começará dia 1o no Colégio Cintra com panfletagem, rodas de conversas, teste rápido finalizando com a formação de um laço humano. Esta mesma programação será realizada até dia 06 em locais já determinados.
Também Ir.  Vivi tem visitado a pastoral no interior do estado motivando @s agentes a da visibilidade e ênfase no dia 1o. É urgente e prioridade arregaçarmos as mangas por conta de tantas mortes precoce e a quantidade de novos casos no regional atingindo especialmente a juventude.
Tres participantes do regional NE V no XVI Seminário Nacional de Prevenção, Zilda Maria Pinheiro(arquidiocese de S Luis ) Maria de Fátima Souza(Diocese de Coroatá ) e Ir. Helvídia Silva Barros coordenadora regional.

Carta de PORTO ALEGRE 2018



Nós, agentes da Pastoral da Aids, vindos de 20 estados do Brasil, participantes do VIII Seminário Nacional de Incidência Política, realizado de 03 a 05 de agosto de 2018, em Porto Alegre/RS, preocupados com os rumos que está tomando nosso país, debruçamo-nos, com ajuda de pesquisadores, intelectuais e militantes, sobre o atual momento pelo qual passa nossa sociedade e queremos compartilhar com nossos irmãos e irmãs de fé, com os membros de outras comunidades religiosas, com os participantes dos movimentos sociais e com todos os que defendem uma sociedade justa, igualitária e inclusiva, nossas preocupações e compromissos, conscientes de que o tempo presente é tempo de resistência. 
Clique aqui e leia a CARTA DE PORTO ALEGRE 2018.

Igreja Católica promove VIII Seminário Nacional de Incidência Política


Interessada em discutir seu papel e contribuição política no atual momento histórico que o Brasil atravessa, a Casa Fonte Colombo, Instituição mantida pelos Freis Capuchinhos, em parceira com a Pastoral da Aids, CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e com apoio do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, HIV/Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, realizará o VIII Seminário Nacional de Incidência Política, de 03 a 05 de agosto de 2018, em Porto Alegre (RS). 
A cerimônia de abertura ocorrerá sexta-feira, dia 03, às 14h, no Salão de Atos da Casa de Oração São João da Cruz – Freis Carmelitas - Rua Professor Oscar Pereira, 5119. São esperados 100 agentes da Pastoral da Aids e integrantes de Pastorais, profissionais de saúde e gestores de diversos municípios que representarão 20 Estados do Brasil. Com o objetivo de qualificar lideranças que participam nas instâncias de controle social, de forma especial, os membros que participam nos Conselhos de Saúde ou coordenam ações pastorais nas Dioceses do Brasil, pelo oitavo ano consecutivo, a Casa Fonte Colombo, promove, em parceria com a Pastoral da Aids, o Seminário Nacional de Incidência Política. 
Este ano o Seminário traz o tema: “Que País é esse?”, uma tentativa de compreender o momento atual do Brasil e os possíveis rumos que se desenham com o atual cenário político.  O evento conta com a assessoria de palestrantes renomados, como Cesar Goes, sociólogo e professor na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc); Marcelo Kunrath Silva, sociólogo, pós-doutor pela Brown University (EUA) e professor na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Doutor Ivo Brito, colaborador da Área de Ações Estratégicas do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids e das Hepatites Virais do Ministério da Saúde; e o exGovernador do Estado do Rio Grande do Sul e ex-Ministro das Cidades, senhor Olívio de Oliveira Dutra. Pretende-se abrir um canal de diálogo e entendimento com a finalidade de decidir estratégias para a atuação pastoral e defender os interesses e direitos das populações mais pobres e vulneráveis, em especial os portadores de HIV e as conquistas do enfrentamento da Aids no Brasil.  
Como resultado do VIII Seminário será elaborado um documento/recomendação, com a participação dos representantes dos 17 regionais da CNBB, que levarão para divulgar em seus municípios e em todas as instâncias da Igreja Católica.  
Contatos para entrevista:  Frei Luiz Carlos Lunardi (51-992719143) - Coordenador da Pastoral da Aids - Regional Sul 3 da CNBB Frei José Bernardi (51-991565248) - Casa Fonte Colombo.